quarta-feira, 4 de novembro de 2009


NOSSA ETERNA CRIANÇA
Guida Linhares

Que esta criança cheia de dengo,
tenha olhos de ver alegria
e bons motivos para sorrir.
Que veja a vida como um arco-íris
pincelado a cada amanhecer.
Que o seu coração,
tenha os pincéis do amor
prontos a traçar caminhos
que levam à eterna ventura
de sentir-se parte integrante da natureza,
plena de amorosidade
e de um suave compartilhar de sonhos e quimeras.
Que Deus ilumine a criança que há em nós,
que gostava de brincar de esconde-esconde,
empinar pipas, pega-pega, amarelinha,
pisar nas poças d`água e bailar na chuva cantando.
Que ela possa rir de si mesma,
por ter caminhado tanto,
entre alegrias e sofrimentos,
mas continuar sendo a eterna criança.

2 comentários:

SONHADORA disse...

Que pena minha amiga, que essa poesia não faça parte da realidade da vida.

Quantas crianças neste mundo estarão a morrer de fome neste preciso momento....

E a sociedade o que faz????????????????

UM TEMA A COMENTAR....
BJ

Anônimo disse...

Lindo!!! Parabéns Guida. Vc foi divina.
Bjs