segunda-feira, 18 de janeiro de 2010


POESIA AMIGA
Guida Linhares

Tu que me fazes companhia,
quando encontro sutil inspiração.
Tracejando versos na folia,
que toma conta do coração.

Estás presente na alegria,
de momentos encantadores,
em que és a pura harmonia,
parecendo um buquê de flores.

Mas és brilhante na tristeza,
quando me encontro na sombra.
Apenas tu me dás a inteireza,
em tua catarse que assombra.

Tal é o teu poder de sutura,
dos ferimentos da alma,
que curas todas as ranhuras,
que nos tiraram a calma.

E assim navegas soberana,
permeando as águas da vida.
Ao poeta tu nunca enganas,
pois dele és a amiga preferida.

Santos/SP/Brasil


2 comentários:

Dilly disse...

Palavras... palavras em prosa... verso e reverso...
São estas as melhores amigas de um poeta... E talvez de todas as pessoas.
Beeijos. Te admiro muito. ♥

LUCONI disse...

Menina encontrei agora este tesouro, aqui estão as tuas poesias, e que lindas que são, dá licença que vou ficar mais um pouquinho, beber destes versos que exalam tanta emoção, que sinto daqui, obrigada amiga por compartilhar conosco tudo isto, beijos Luconi